Nosso trabalho

O trabalho da FNF no Brasil

O Instituto Friedrich Naumann trabalha no Brasil com parceiros fixos. São instituições e think-tanks da sociedade civil, economia, ciência, administração, política, área jurídica e da mídia, com vocação liberal e objetivos em comum. Fortalecemos a capacidade de elaborar posições liberais entre atuais e futuros dirigentes, comunicadores e representantes de diversos setores da sociedade e, em especial, entre os jovens e estudantes, para que assumam em liberdade sua responsabilidade social e política. 

O leque de possibilidades de atividades em parceria é extenso, envolvendo desde seminários de capacitação e consultoria, preparação e realização de programas de informação política na Alemanha e outros países, planejamento de conferências e contato com especialistas e palestrantes, até a edição de materiais e colaboração na difusão dos nossos principais temas, que abordam especialmente: 

POLÍTICA INTERNACIONAL

A Liberdade é um valor universal e precisa de pessoas corajosas e engajadas mundo afora. A política internacional da FNF traduz-se na sua atuação mundial para construir estruturas democráticas e consolidar a liberdade e a responsabilidade em favor de sociedades mais livres, mediante apoio a parceiros em vários países. Nesse sentido, envolve também temas específicos, dentre outros, o livre comércio, os Direitos Humanos e a paz.

SOCIEDADE ABERTA E DIGITAL

Empenhamo-nos em prol de uma sociedade baseada na autodeterminação e na liberdade de expressão, que aproveita as oportunidades da digitalização ao progresso econômico e social com inovação e transparência, respeitando a privacidade do cidadão. Protagonizada pelo indivíduo, ela permite a livre escolha e o desenvolvimento da criatividade rumo ao bem-estar.

ECONOMIA SOCIAL DE MERCADO, EMPREENDEDORISMO & STARTUPS

Prezamos por uma ordem econômica e social pautada na garantia da liberdade individual, contratual e da propriedade privada, com oportunidades para todos. Que recompense o trabalho e o esforço, promovendo a motivação e a capacidade de as pessoas assumirem riscos e responsabilidades. A concorrência livre e justa assegura aos consumidores bens e serviços mais acessíveis, além de soluções mais sustentáveis e inovações em ritmo mais acelerado.

Empreender é uma expressão da liberdade e a inovação é a matéria-prima do século XXI, uma vantagem competitiva que contribui significativamente para soluções mais eficientes e sustentáveis frente aos desafios sociais, econômicos e ambientais da atualidade. Nosso trabalho programático visa a impulsionar o empreendedorismo e o ecossistema das startups como motores do desenvolvimento no Brasil.

MOBILIDADE URBANA e SUSTENTABILIDADE 

O aumento da população urbana mundial impõe novos desafios à realidade das cidades, sobretudo acerca de uma ampla conscientização ambiental e da busca de soluções sustentáveis aos desafios da mudança climática. Buscamos aprofundar e difundir o conhecimento sobre mobilidade urbana sustentável, especialmente via inovação tecnológica, estimulando o debate sobre políticas públicas viáveis, bem como promovendo o protagonismo da sociedade civil e das empresas como agentes da mudança. 

EDUCAÇÃO

A educação liberta ao passo que sem liberdade não existe educação de qualidade. Defendemos a liberdade de escolha na educação como a chave para a formação de cidadãos capazes e engajados e para o melhor desenvolvimento de talentos e capacidades das pessoas, respeitando as suas individualidades. Instituições de ensino livres e autônomas promovem a diversidade e a inovação. 

ESTADO DE DIREITO, DIREITOS HUMANOS E LIBERDADE DE IMPRENSA

A liberdade é fundamento do desenvolvimento humano, algo comprovado empiricamente pela experiência internacional. Ela pressupõe a existência do Estado de Direito com a vigência de uma ordem jurídica que permita aos cidadãos exercerem livremente seus direitos em sociedade, além de instituições sólidas que contrapesem o poder do Estado. 

Somente em uma sociedade livre e democrática, os Direitos Humanos são respeitados, garantindo a todos, sem distinção, o acesso à infraestrutura social e institucional. Nela, a liberdade é indivisível e não se restringe a um determinado grupo ou setor: todo ser humano é dono de si e responsável por suas ações, no pleno exercício do direito à livre expressão.